GABRIEL MEDINA – O “TERROR” DO PIPE MASTERS

Antigamente, os brasileiros eram vistos como surfista de ondas pequenas. Mas a conquista do título mundial por Gabriel Medina (2014) e Adriano de Souza (2015) quebrou esse paradigma e começou a “assustar” aqueles que sempre tiveram a hegemonia no Tour: os australianos e americanos.

O site Stabmag acaba de divulgar um vídeo falando da “tempestade brasileira”, que segue em peso no circuito mundial da WSL. No clipe, Kolohe Andino fala de Medina como se já soubesse quem será o vencedor do Pipe Masters. “Acho que o Gabriel em Pipeline amedronta mais do que qualquer um”, fala o californiano.

Em destaque: Medina em ação na sua estreia no Pipe Masters este ano. Foto: Poullenot/WSL

Para conferir o vídeo sobre a “tempestade brasileira” no Tour, clique AQUI!