5 COISAS QUE TODO SURFISTA DEVERIA TENTAR

O surf é uma excelente desculpa para viajar. Ele motiva dezenas de milhares de pessoas a investirem seu dinheiro em experimentar novos picos para surfar. Nesse ponto, surf é uma benção! O contraponto, no entanto, é que é fácil cair na rotina de nunca visitar lugares que não possuam uma costa banhada pelo mar. Então, que tal uma trip sem as pranchas de vez em quando? Ou então escolher um destino fora “do comum” para surfar?

Separamos algumas dicas que todo surfista deveria experimentar, além de surfar pelos picos mais “comuns” do planeta! Confira!

Foto em destaque: Fred Pompermayer.

FOTOGRAFIA

Isso soa um pouco chato, se não levemente errado, não pegar onda para tirar fotos. Mas nos escute por um minuto. Surfistas, por natureza, possuem um entendimento profundo do oceano e suas nuances.

E se um bom surfista estiver em uma onda, só um de nós pode prever com precisão qual será o momento da manobra e quando ele vai acontecer. Combine este conhecimento com uma câmera e uma leve noção de fotografia e voilá! E, se você ainda tem dúvida, pergunte ao fotógrafo e ex-surfista profissional Scotty Hammonds.

NEVE

Abandone por alguns dias o surf no seu pico local, os dias de sol e ondas pequenas. Encontre algum destino longe da linha do Equador, onde a neve caia e experimente sentir a natureza de uma forma que poucos já sentiram.

Que tal surfar pelos cantos mais remotos da Islândia no meio do inverno congelante em ondas perfeitas. Fotos: Chris Burkard.

MEDO

Quanta diversão a vida realmente oferece se você viver estritamente dentro da sua zona de conforto? Não muita. Esqueça o medo por um minuto e vá surfar uma onda que faça suas pernas tremerem! Com certeza você vai nos agradecer depois!

Everaldo Pato no caroço de Teahupoo. Foto: Fred Pompermayer.

E aí? Ficou curioso e quer conhecer mais dicas? Então, clique AQUI!