10 DICAS PARA VOCÊ TIRAR “A” FOTO

Fotografia é a arte de eternizar momentos e emoções. Mas não é tão simples assim! É preciso estudar com cuidado o cenário, a luz e todos os demais fatores que vão fazer parte do click. E se você é um fotógrafo amador, não precisa ter uma câmera profissional para conseguir fazer um super click! Muitas pessoas têm uma câmera muito boa, mas só a deixam no automático. Pensando nisso, a Surfar e a Longarina vão te dar 10 dicas para sua foto sair com um ar mais profissa! Aproveite!

#1 – LUZ

A luz é um elemento fundamental que faz toda a diferença na foto! Não se pode deixar passar luz demais, se não a foto fica super exposta; e nem luz de menos, que daí a fotografia fica sub exposta. O ideal é saber balancear! A cor preta, por exemplo, absorve toda a luz, enquanto a cor branca reflete toda ela.

#2 – ABERTURA DO DIAFRAGMA

Ele ajuda a controlar a luz que entra na câmera. É como se fosse um buraquinho que você pode abrir e deixar muita luz entrar (durante a noite) e deixá-lo bem pequeno (nos dias de sol) para entrar menos luz e não super expor a foto. Ele está indicado na câmera com um “f”.

#3 – ISO

O ISO é outro meio de controlar a luz da foto. Ele é um sensor; quanto maior o ISO, mais luz a câmera consegue absorver.

#4  – TEMPO DE EXPOSIÇÃO

Quanto mais tempo você deixa o diafragma aberto, mais informações ele consegue captar, podendo deixar a foto “borrada”. Se a foto vai ser em movimento, quanto menos tempo ele ficar aberto mais chances ela vai ter de sair com precisão.

#5  – AJUSTE NO BALANÇO

A temperatura de cor é a diferença de uma luz para outra, e esse balanço faz com que a da foto consiga chegar a cor real. Isso muda de acordo com o tipo de luz que pode ser: luz do dia, nublado, luz incandescente, luz amarela, luz branca e por aí vai…

Foto: Pedro Tojal. 

#6 – DISTÂNCIA FOCAL

É o que define o campo de visão. Quanto mais alto o valor, menos campo de visão terá. É como se fosse o zoom. Quando você dá zoom permanece no mesmo lugar, mas o campo de visão diminui, fechando a imagem.

#7 – FOCO

O foco é essencial! Você consegue escolher na câmera se prefere ele na foto inteira ou somente em algum ponto dela. Neste caso, para focar somente um ponto, você centraliza ele no visor da câmera e segura levemente o botão do click, sem apertar totalmente. E aí, depois de focado, você “carrega”o foco para onde quiser, podendo deixá-lo na parte que deseja na foto.

#8  – PROFUNDIDADE

A profundidade ajuda a definir quais objetos que estão próximos do foco principal também estarão focados, e isso que dá a noção de profundidade da foto, se o foco está mais para trás a parte da frente da foto fica com menos definição e visse e versa.

Foto: Eduada Zalara.

#9  – LEITURA DA FOTO

Quando você tira a foto, deve pensar que somos condicionados a olhar primeiro o lado esquerdo dela, porque é como lemos. Então, esse lado inconscientemente chama mais nossa atenção. Além disso, de cima para baixo, como se estivéssemos realmente lendo, então devemos construir a imagem da foto com cuidado, para não deixá-la muito poluída.

#10 –  CENTRALIZAÇÃO

Para a foto ficar boa mesmo é preciso centralizá-la. Por exemplo, tirando a foto de uma praia, não se pode deixar na imagem mais céu ou mais mar, é preciso equilibrar os dois. Também é preciso ver se a imagem está reta. Digo a imagem e não a câmera!

Se você quer tirar a foto de uma flor, pode ficar até de ponta cabeça, mas a flor tem que sair reta na foto, ou seja, o mesmo tamanho que sai de fundo um lado da foto tem que sair do outro.

E aí, curtiu as dicas?! Então, agora é só sair clickando e arrasar!

Foto: Eduada Zalara.

Por Longarina, parceira da Surfar na seção Surf Feminino.