OS TOPS MUNDIAIS NA BRIGA DO TÍTULO DO QS 3000 EM MARESIAS

Evento começa nesta quinta-feira, 02 de novembro, na Praia de Maresias e vai contar com participação dos campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza e quase toda a seleção brasileira do WCT.

Praia de Maresias. Foto: Smorigo/WSL.

O Hang Loose São Sebastião Pro fecha nesta semana a longa série de eventos da WSL South America iniciada na primeira semana de outubro no Chile. Foi em Pichilemu que começou a inédita perna sul-americana feminina com três etapas seguidas do WSL Qualifying Series. Na semana seguinte, aconteceu a decisão do título sul-americano Pro Junior no RDS Pro Junior em homenagem a Ricardo dos Santos na Guarda do Embaú.

Adriano de Souza é um dos tops da elite que vão marcar presença na Praia de Maresias. Foto: Smorigo/WSL.

De Santa Catarina para o Neutrox Weekend no Rio de Janeiro e depois para o Reef & Paris Women’s Pro no Peru, que definiu o tricampeonato sul-americano inédito da peruana Anali Gomez neste domingo em San Bartolo. No mesmo dia, Deivid Silva festejou o título do QS 1500 Itacaré Surf Sound Festival apresentado pela South to South na Bahia, última parada antes do Hang Loose São Sebastião Pro, com a etapa do QS 3000 começando nesta quinta-feira na Praia de Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo.

 Fotos: Smorigo/WSL.

A grande atração deste último evento antes da Tríplice Coroa Havaiana, que fecha a temporada da World Surf League na ilha de Oahu, é a participação dos campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza e de quase toda a seleção verde-amarela do World Surf League Championhip Tour. A única ausência será Filipe Toledo, que sofreu uma contusão na costela durante a perna europeia e preferiu voltar para casa na Califórnia, para se fortalecer para as provas finais no Hawaii. Mas Caio Ibelli, Miguel Pupo, Wiggolly Dantas, Italo Ferreira, Ian Gouveia e Jadson André, estão todos confirmados para competir em Maresias.

O paulista Jessé Mendes. Foto: Poullenot/WSL.

Além deles, todos os brasileiros que estão se classificando para o WCT 2018, entre os dez indicados pelo ranking do WSL Qualifying Series, como o paulista Jessé Mendes e o catarinense Yago Dora, que já estão garantidos na elite dos top-34 do ano que vem. Os outros integrantes do G-10 no momento são os catarinenses Willian Cardoso e Tomas Hermes e o cearense Michael Rodrigues, que mora em Florianópolis há muitos anos.

O catarinense Yago Dora também já se garantiu na elite do Top34 em 2018. Foto: Poullenot/WSL.

Mais de 100 surfistas estão inscritos no Hang Loose São Sebastião Pro, para disputar os 3.000 pontos no ranking do WSL Qualifying Series no evento que também vai fechar a disputa pelo título sul-americano da WSL South America, liderada pelo paulista Thiago Camarão com o capixaba Krystian Kymerson em segundo lugar no ranking. As baterias eliminatórias começam na quinta-feira e prosseguem até domingo, quando será conhecido o campeão da última etapa do Circuito Mundial na América do Sul esse ano.

O paulista Thiago Camarão lidera a disputa pelo título sul-americano da WSL South America. Foto: Smorigo/WSL.

Depois da invencibilidade na perna europeia, com vitórias nas etapas do WCT da França e de Portugal, o novo vice-líder da corrida pelo título mundial da temporada, Gabriel Medina, será a grande atração do Hang Loose São Sebastião Pro. Ele vai prestigiar o evento por estar sendo realizado na praia onde mora em São Sebastião. Depois, parte para o Hawaii, onde vai tentar o bicampeonato mundial, principalmente contra o atual campeão mundial, John John Florence.

Gabriel Medina está bastante empolgado para o  Hang Loose São Sebastião Pro. Foto: Smorigo/WSL.

“Estou super feliz com meus resultados. Foi até além do que eu esperava e estou empolgado sim. Antes, não estava pensando em título mundial, mas agora já dá para pensar. É muito pouca a diferença entre a gente. É muito bom estar em casa, ainda mais competindo. É um evento que quero me divertir e, com certeza, quero ganhar, mas sem pressão. Vai ser bom encontrar todo mundo aqui e será uma boa preparação para manter o ritmo pro Hawaii”, falou Gabriel Medina, sobre sua participação no Hang Loose São Sebastião Pro.

Deivid Silva levou o título do QS 1500 em  Itacaré neste fim de semana. Foto: Smorigo/WSL.

Deivid Silva levou o título do QS 1500 em Itacaré neste fim de semana. Foto: Smorigo/WSL.

Para Álfio Lagnado, da Hang Loose, que no ano passado realizou o histórico Hang Loose Pro Contest 30 Anos em Florianópolis, SC, e agora retorna à Praia de Maresias, onde já promoveu esse mesmo evento duas vezes, em 1999 e 2000, é motivo de satisfação, sobretudo em ver que quase todos os surfistas da elite mundial do WCT estarão prestigiando e competindo no Hang Loose São Sebastião Pro, nesta semana de feriadão prolongado.

“Estou muito feliz em realizar o Hang Loose em Maresias novamente, praia que frequento e surfo desde os anos 80. É uma honra poder contar com quase todos os atletas do Brasil que estão no WCT e que conheço desde pequenos, quando competiam no Hang Loose Surf Attack e hoje são protagonistas do surfe mundial. Espero que dê altas ondas e aguardo um grande público para completar a festa”, falou Álfio Lagnado.

Adriano de Souza. Foto: Morris/WSL.

Adriano de Souza. Foto: Morris/WSL.

O campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, também está animado por voltar a competir na Praia de Maresias: “É sempre legal competir em casa. Maresias é uma onda incrível e espero que seja um grande evento. É muito bom ter uma etapa do Circuito Mundial em São Paulo de novo, um estado onde só tem feras do esporte e competir contra eles será um grande desafio.”

Os últimos eventos realizados no litoral paulista aconteceram nas mesmas ondas da Praia de Maresias, em São Sebastião. No evento de 2014, o campeão foi Filipe Toledo e no ano seguinte foi Miguel Pupo quem festejou a vitória diante de um enorme público, que sempre lota os eventos realizados na praia mais badalada do estado de São Paulo. Com o feriadão prolongado, a expectativa é de que Maresias fique novamente lotada para assistir a apresentação de grandes estrelas do esporte no Hang Loose São Sebastião Pro.

O evento que fecha o calendário da WSL South America em 2017 será transmitido ao vivo, clicando aqui.

Miguel Pupo foi campeão em 2015 num dos últimos eventos que aconteceram nas ondas de Maresias. Foto: Poullenot/WSL.

CAMPEÕES DAS ETAPAS DO WSL QUALIFYING SERIES EM SÃO SEBASTIÃO:

2015: Miguel Pupo (BRA) no Oi HD São Paulo Open of Surfing QS 10000 na Praia de Maresias

2014: Filipe Toledo (BRA) no O´Neill SP Prime QS 10000 na Praia de Maresias

2010: Caetano Vargas (BRA) no SuperSurf Internacional 4-Star na Praia de Maresias

2005: Pedro Henrique (BRA) no Reef Classic 4-Star na Praia de Maresias

2000: Crhistiano Spirro (BRA) no Hang Loose Pro Contest 4-Star na Praia de Maresias

1999: Peterson Rosa (BRA) no Hang Loose Pro Contest 4-Star na Praia de Maresias

1993: Renan Rocha (BRA) no Sea Club Final Heat 3-Star na Praia de Maresias