A VOLTA DO SURF AO VIDEOGAMES!

O novo jogo de smartphone YouRiding The Journey já é considerado por muitos o melhor de surf da história e oferece diversas câmeras, manobras e picos. O próximo passo é o retorno aos consoles.

Tudo começou nesta calculadora matemática do Mike Jegat .

Desde a época do Playstation 2 e do Xbox já se passaram 12 anos em que inúmeros jogos de vídeo game foram lançados, porém nenhum mísero título do nosso amado surf apareceu. Mas finalmente os surfistas “viciados” podem ter esperança. 

A empresa YouRiding, fundada em 2007 e conhecida por jogos de surf online, lançou para smartphones o The Journey Surf. O novo jogo já é considerado por muitos o melhor de surf da história e apresenta números impressionantes, que se tornam uma importante “arma” para a empresa conseguir alcançar os grandes investidores e realizar o sonho de chegar aos consoles de última geração. 

O retorno está nas mãos do engenheiro de software Mike Jegat e sua equipe. A ideia surgiu da vontade que ele tinha quando criança de jogar um game onde pudesse surfar ondas realistas e com manobras possíveis. Como nada disso existia, ele tomou a decisão de criar o jogo por conta própria.

Áereo reverse em Torres, Rio Grande do Sul.

Aos 15 anos, em 1998, a “primeira versão” foi desenvolvida em uma calculadora de matemática. “Era bem feio, mas incrivelmente divertido porque você podia surfar Padang Padang ou Pipeline. Esse foi o começo e se tornou o meu sonho”, contou ele.

Layback snap em Itaúna, Saquarema.

Hoje, aos 34 anos, Mike conseguiu alcançar grande parte da comunidade do surf e, agora, promete não parar de trabalhar até chegar aos melhores consoles. “Quando estava no Ensino Médio, o meu sonho era fazer o jogo e ver os surfistas jogarem. Hoje posso dizer que alcancei isso, mas agora o meu sonho é colocar o YouRiding nos consoles”, afirmou Mike Jegat durante a entrevista que você lê nas próximas páginas.

Por Luís Fillipe Rebel.

YOURIDING THE JOURNEY

O The Journey é o nosso melhor trabalho, mas ainda estamos nos smartphones e não dá para ter a qualidade visual igual a de um console. Mesmo assim, nós puxamos os nossos limites para sermos bem fiéis à realidade nas ondas e nas manobras.

Você consegue fazer cavadas rápidas, lentas e combinar manobras em diferentes direções. Outro ponto que melhoramos é o que chamamos de “game design”, que é como o jogo evolui conforme você vai jogando.

Mike Jegat (no centro) com a equipe 100% surf da YouRiding.

EVOLUÇÃO DO JOGO 

Nós lançamos updates o tempo todo com novas ondas, manobras e modos de jogo. As atualizações semanais mantêm o jogo vivo. Daqui a pouco, por exemplo, teremos um circuito mundial com grandes eventos todo mês, o que gera uma competitividade imensa.

Além disso, ainda há muita coisa para melhorar na parte física, como a aterrissagem dos aéreos, o roundhouse, etc. Coisas assim vão progredir e o jogo ficará cada dia melhor.

“Estava demorando para alguém fazer um jogo de surf realmente bom, o mais próximo possível do real. O gráfico e os movimentos das manobras são exatamente iguais o que a gente faz no surf.”- Samuel Pupo.

FIEL À REALIDADE

Realidade é a nossa prioridade máxima. Todos nós da equipe amamos surf e bodyboard. Resumidamente, se você não surfa, não pode trabalhar com a gente porque nós gostamos de afirmar que a pessoa está amarradona e motivada para render o melhor que pode. Por isso é muito importante para nós o jogo se manter real. A questão é encontrar um equilíbrio.

Roupas Hurley.

Nós erramos nos jogos anteriores quando tentamos ser extremamente reais. As pessoas estavam caindo toda hora e, assim, os iniciantes não gostavam. Então, agora nós fizemos ser um pouco mais fácil e divertido de se jogar, mas ao mesmo tempo sem deixar de ser fiel à realidade. Se alguém quiser lutar contra golfinhos e tubarões, dar aéreos por cima de píers, pode procurar outro jogo sem problemas. O nosso objetivo não é esse. O YouRiding é um jogo feito por surfistas para surfistas, onde todos eles podem dizer: ‘esse jogo é legítimo’.

1000 PICOS DE SURF AO REDOR DO MUNDO

Uma das nossas maiores diferenças é a quantidade de picos de surf. Quando o mundo inteiro estiver disponível serão mais de 300. Depois disso, vamos continuar adicionando e talvez a gente tenha 1000 picos daqui a dois anos. É algo que as pessoas querem, pois toda onda é diferente e o jogador precisa aprender como surfá-la.

Oceanside, Califórnia.

Você pode surfar em qualquer lugar do mundo. Isso é bem maneiro porque, por exemplo, se você vai fazer uma surf trip para o Peru, pode dar uma checada antes e ver quais picos gosta, descobrir novas ondas divertidas e, a partir daí, fazer uma pesquisa online. Basicamente, você pode treinar na onda antes de ir.

“O YouRiding é um jogo feito por surfistas para surfistas, onde todos eles podem dizer: ‘esse jogo é legítimo’. ” – Mike Jegat.

COMO SÃO CRIADAS AS ONDAS

Geralmente para cada pico a gente faz uma pesquisa para encontrar informações e orientações sobre a onda. Procuramos os surfistas locais para eles descreverem o drop, cada seção, como é o tubo e tudo mais. Com todos esses detalhes fica muito mais fácil para recriarmos a onda. Quando não encontramos alguém, fazemos apenas por vídeo. Mas depois, se surgirem novas informações, nós atualizamos para ficar mais real.

“Se você for para Chicama, pode surfar a onda por dois minutos. Mas se for para Itacoatiara terá dez segundos porque é assim na vida real.”- Mike Jegat.

Toda a onda tem que ser perfeita na localização e cada seção dela ser igual à pelo menos um vídeo. Então, se você for para Chicama, pode surfar a onda por dois minutos. Mas se for para Itacoatiara terá dez segundos porque é assim na vida real. Só algumas vezes que fazemos a onda um pouquinho melhor ou adicionamos uma seção a mais apenas para ficar super divertido de se jogar. 

APENAS MANOBRAS POSSÍVEIS

As manobras que você pode fazer no jogo são apenas as que os surfistas conseguem fazer na vida real. A gente olha dezenas ou centenas de vídeos e tenta entender tudo exatamente como é. Todos os lugares onde você pode fazer a manobra, como fazer, onde você perde e onde ganha velocidade.

O drop influencia no aproveitamento da onda.

Também vamos adicionar mais manobras nos jogos conforme a evolução do esporte. Por exemplo, o Gabriel Medina acertou o backflip em uma competição oficial, então agora já podemos lançar uma atualização para incluir no jogo. Mas não vamos botar um double backflip se ninguém faz.

BRASILEIROS DOMINAM O YOURIDING

É provavelmente o maior país em audiência que temos. Está na frente até da Austrália. Os brasileiros são ultracompetitivos e estão sempre correndo atrás das melhores pontuações. Eu amo isso.

Se você for para uma onda qualquer e olhar o ranking, eu tenho certeza que na maioria das vezes vai encontrar pelo menos uns cinco brasileiros no Top 10. Quando tivermos o circuito mundial do YouRiding, com certeza os brasileiros estarão no topo. 

Cacimba do Padre, Fernando de Noronha.

AJUDA DOS SURFISTAS PROFISSIONAIS

Eu pergunto aos surfistas profissionais mais sobre o que acham do estilo do surfista do jogo, de como está sendo executada a manobra. Porque você não pode perguntar, por exemplo, ao Gabriel Medina como ele faz tal manobra. Eles fazem muito no feeling e é difícil conseguir uma descrição exata.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que mais procuramos saber com os surfistas são os picos de surf. Nos vídeos e sites, a gente pode achar informações, mas nada é melhor que o conhecimento local. Gastamos horas fazendo contato com surfistas locais para sabermos as melhores ondas.  Além disso, tentamos colocar eles no jogo.

O RETORNO DO SURF AOS VÍDEO GAMES

Quando eu estava no Ensino Médio, o meu sonho era fazer o jogo e ver os surfistas jogarem. Eu posso dizer que alcancei isso, mas agora o meu sonho é colocar o YouRiding nos consoles. Os surfistas amam vídeo game e se eles puderem ter um jogo de surf extremamente real, com certeza, vão se amarrar. O nosso próximo passo é ir ver a Xbox, a Playstation, pessoas com dinheiro, procurar os patrocinadores certos.

 “A comunidade do surf é muito grande. Podemos fazer juntos o jogo acontecer sem esperar os grandes investidores.”- Mike Jegat.

Fazer reuniões, mostrar os números que nós temos e mostrar que a comunidade do surf está motivada e quer ter esse jogo 10x melhor nos consoles. Na verdade, já temos até uma reunião marcada. Será um jogo irado porque a tecnologia atual é incrível. A qualidade da onda, o ambiente, os detalhes… Tudo será animal! Vai ficar lindo.

O QUE FALTA PARA O RETORNO

É apenas uma questão de dinheiro. Um jogo desse custa milhões. Venderemos o bastante para ter o dinheiro do investimento de volta? Temos que achar esse equilíbrio e cálculo. Além disso, fazer um jogo de surf é bem complicado, pois criar a mecânica para a onda quebrar de uma maneira real é muito difícil e custa bastante dinheiro para fazer com qualidade. Mas já temos a tecnologia para recriar qualquer onda do mundo em 3D, o que ajuda a baixar os custos.

Outra opção que estamos analisando é fazer uma campanha de crowdfunding dizendo: “Ei, surfistas. Se vocês realmente querem muito um jogo de surf, ‘bora’ fazer isso agora. Você pré-ordena o seu jogo e, se chegarmos a dois milhões de dólares, nós podemos criar e colocar ele no console.” A comunidade do surf é muito grande. Podemos fazer juntos o jogo acontecer sem esperar os grandes investidores.

AINDA PODE DEMORAR

Se encontrarmos os patrocinadores certos, nós podemos fazer o projeto em um ou dois anos. Mas se demorar para conseguirmos o dinheiro, o jogo pode ficar pronto só daqui a três anos. Vai levar algum tempo, mas posso prometer que o jogo vai acontecer. Não vamos parar de trabalhar até ter um jogo no console.

Também somos surfistas e queremos muito isso o quanto antes (risos).  Existe uma alternativa bem rápida que é adaptar o jogo que temos agora e botar no console, mas os gráficos serão os mesmos do celular. Pode ser bem divertido, só que não tão bom quanto uma grande produção, que é o nosso sonho.

COMO CHEGAR AO SUCESSO NOS CONSOLES

Para um jogo de vídeo game ser um sucesso, ele tem que ser muito divertido. Eu penso que se unirmos todo nosso conteúdo a uma história bem trabalhada e às novas possibilidades de jogar online em multiplayer, dessa vez o surf vai dar certo nos consoles. Você poder competir em tempo real e assistir seus amigos quebrando será irado.

Maracaípe, Pernambuco.

 “Não vamos parar de trabalhar até ter um jogo no console. Também somos surfistas e queremos muito isso o quanto antes.”-  Mike Jegat.

Visão do tubo. 

Imagina você marcar com eles uma sessão em Itacoatiara dentro do jogo e lá você pode sentar, assistir eles surfarem, pegar tua onda, comemorar e tudo mais. Todos os surfistas vão ficar amarradões e, por ser divertido, as pessoas de fora da indústria do surf vão querer jogar também. Muitas pessoas que jogam Tony Hawk nunca botaram um skate no pé.

SONHO MAIS PRÓXIMO APÓS O THE JOURNEY

Nós temos mais ou menos um milhão e meio de jogadores desde 2007. Eu realmente acredito que com o The Journey esse número vai crescer ainda mais. Antes você tinha que ligar o computador e entrar no website para jogar. Agora é bem mais fácil fazer o download no smartphone e jogar a qualquer hora do dia rapidamente. Assim teremos muito mais pessoas jogando e sabendo sobre o YouRiding.

O jogo é de graça e muito irado. Os números vão crescer e mais pessoas vão jogar, então isso é uma grande oportunidade para nós chegarmos ao console. Porque agora nós podemos ir ver a Sony ou a Microsoft e dizer: “Ei, caras, olhem esses números. Está todo mundo jogando e todos estão amando. Todos estão dizendo que querem o jogo no console. Vamos nessa!”

“Eu sinto ‘mó’ falta de jogar no vídeo game. Pode ter certeza que o dia que lançarem vai ser sucesso de vendas. O surf está em alta.” – Alex Ribeiro.