OS DESTINOS MAIS INCRÍVEIS PARA SUA SURF TRIP NO BRASIL

Tá a fim de programar aquela trip irada, relaxar e, é claro, curtir altas ondas! Mas a grana tá curta e não dá se deslocar para muito longe! Vamos te ajudar nessa missão e selecionamos algumas das praias incríveis para surfar pelo nosso vasto litoral brasileiro. Escolha o melhor destino, prepare as malas, separe sua prancha mágica e ‘vambora’ pra dentro d’água Surfar!  (Foto em destaque: Pedro Monteiro)

SURFAR NO SUDESTE

 Arpoador – Rio de Janeiro, RJ

Foto: longarina.com

O pôr do sol mais apreciado da cidade do Rio de Janeiro é da pedra do Arpoador. Entre a praia de Ipanema e a praia do Diabo, no Arpex sempre encontramos surfista em qualquer época do ano. Próximo às pedras da praia é considerado um lugar ideal para prática de mergulho submarino.

Sua orla tem um calçadão para os pedestres e uma ciclovia, além disso, ainda existe o Parque Garota de Ipanema que é frequentada por pessoas de todas as idades.  A praia tem uma pequena extensão de areia e sua água é esverdeada, quando o mar está calmo é uma delícia para se refrescar e apreciar a vista.

Barra da Tijuca – Rio de Janeiro, RJ

Foto: Alexandre Macieira/Riotur.

Todo mundo ouve falar das praias de Copacabana e Ipanema, mas é na praia da Barra, na Barra da Tijuca, que o surf rola solto. A praia tem 14,4 km de comprimento e é considerada a maior do estado.

As ondas fortes e tubulares, ideais para prática de surf, windsurf e bodyboarding, colocaram a praia no circuito de competições nacionais e mundiais, como o WSL (World Surf League).

backside full rotation de Gabriel Medina nas ondas da Barra da Tijuca durante o Rio Pro do ano passado. Foto Luciano Cabal.

Itacoatiara – Niterói – RJ

Foto: longarina.com

Com mar verde e transparente e ondas de qualidade, Itacoatiara é a praia preferida dos surfistas em Niterói. A vegetação litorânea quase intacta rodeia a praia que fica entre duas montanhas, sendo uma um paredão rochoso. Sua orla possui várias barracas e na areia tem ambulantes que vendem de sanduíche a frutas e mate gelado.

Raphael Reis entubando perfeito em Itacoatiara. Foto: Lucca Biot.

Praia de Itaúna – Saquarema, RJ

As ondas de Itaúna, em Saquarema, foram o palco da etapa brasileira do Tour em 2017. Foto: Pedro Monteiro.

No litoral norte do estado do Rio de Janeiro, Saquarema é considerada a capital do surf no Brasil e este ano foi palco da etapa brasileira do Circuito Mundial 2017. As ondas na praia de Itaúna podem chegar a 12 pés (3,6 metros), o que leva os surfistas a comparar a praia com as do Hawaii.

Mineirinho nas ondas da praia de Itaúna. Foto: WSL.

Maresias – Litoral Norte de São Paulo, SP

Foto: longarina.com

Com uma ótima infraestrutura, 5 km de areias brancas e águas cristalinas, a praia de Maresias, no litoral de São Sebastião, é muito popular no país. O melhor ponto da praia para a prática do surf é o Canto do Moreira, onde as ondas podem chegar a 10 pés. A praia recebe este ano o Circuito Paulista de Surf Profissional, um dos campeonatos mais tradicionais do país.

Praia da Baleia – Litoral Norte de São Paulo, SP

Foto: Secretaria de Turismo São Sebastião.

São Sebastião é definitivamente a referência do surf no estado de São Paulo. A Praia da Baleia, que no ano passado fez parte do Hang Loose Surf Attack, um campeonato da categoria de base, também fica na cidade. A praia é especialmente procurada por surfistas de longboard e de pranchinha, quando o mar está grande e fechado nas outras praias.

O canto direito da Praia da Baleia foi apelidado de Canto Mágico, onde as ondas são constantes e cheias. A frequência de surfistas iniciantes aumenta quando o mar está pequeno.

Eduardo Motta na Praia da Baleia durante o Hang Loose Surf Attack. Foto: Munir El Hage.

Camburi – Litoral Norte de São Paulo, SP

Foto: longarina.com

Destino muito procurado para ecoturismo e trilhas nos Sertões de Cambury, mas principalmente pelo pessoal do surf pelas excelentes ondas, Camburi forma com a Praia do Camburizinho um belo conjunto natural famoso no litoral norte paulista.

As duas praias são separadas por uma pequena península com um ilhote, e o mar é de águas claras e azuis, areias finas, brancas e soltas. Camburi possui excelentes pousadas e hotéis, restaurantes e um comércio alternativo variado.

SURFAR NO NORDESTE

Cacimba do Padre – Fernando de Noronha, PE

Água cristalina, visual paradisíaco e tubos perfeitos. Poucos lugares do mundo se comparam à Cacimba do Padre quando quebra clássico. Foto: Marcelo Freire.

As belezas de Fernando de Noronha compõem não só um cenário especial para quem curte surf, mas contribuem para que o arquipélago tenha condições ideais para a prática do esporte. Sua formação geológica com características similares às do Hawaii aproximam Fernando de Noronha do mais famoso destino mundial do surf.

Na praia da Cacimba do Padre, os tubos podem chegar a quatro metros de altura e, enquanto você encara as ondas, tem um belo visual para emoldurar as suas manobras. (Veja a matéria completa de Noronha clicando aqui)

Fernando de Noronha compõe um cenário especial. Foto: Henrique Pinguim.

Maracaípe – PE

Foto: longarina.com

A Praia de Maracaípe é muito procurada pelos surfistas por causa de suas águas claras e ondas fortes. Com uma beleza natural e extensa rede de coqueiros, atrai também muitos turistas. Existem alguns bares, restaurantes, além de uma dezena de hotéis e pousadas.

Praia de Tamandaré – PE

Foto: longarina.com

A praia de Tamandaré, junto com a de Carneiros, é uma das mais desertas do litoral sul de Pernambuco. Sua faixa de areia é de até 50 metros na maré baixa. A característica, que já vale a viagem, é incrementada ainda por belos cenários contornados por mar calmo, águas mornas, cristalinas e de verde intenso. Além dos recifes que formam piscinas naturais, areia branca e coqueiros.

Praia do Forte – Salvador, BH

Foto: Jota Freitas/Turismo Bahia.

A Praia do Forte fica a aproximadamente 80 km da capital baiana e, segundo especialistas e surfistas, tem um fundo de coral no mar que ajuda a formar ondas ideais para a prática do surf. As duas praias preferidas dos surfistas são Pico do Papa Gente e da Casinha.

SURFAR NO SUL

Praia do Silveira –  Garopaba, SC

Foto: Raquel Santi.

A Praia do Silveira é um ponto para surfistas mais experientes, com ondas que podem chegar a até quatro metros. Ela fica no litoral sul de Santa Catarina, em Garopaba, tem vasta vegetação e é rodeada por montanhas.

No fundo do mar, existe uma formação de pedras que ajuda a criar ondas perfeitas, com o auxílio do vento e ondulações que vêm do sul. As ondas da Praia do Silveira estão entre as maiores e melhores do país e, por isso, a praia é frequentada quase apenas por surfistas.

Praia Brava – Itajaí, SC

Foto: longarina.com

Águas límpidas, gente bonita na areia, música, eventos… A Praia Brava ganha destaque no verão de Florianópolis pela boa infraestrutura da praia e da orla, além, é claro, do visual privilegiado.

Destino também muito procurado pelos surfistas por suas ondas perfeitas para a prática do esporte. Mas todo cuidado, pois as ondas são fortes e as correntes podem conduzir banhistas a arrastamentos.

Praia do Rosa – Imbituba, SC

Foto: longarina.com

Lugar perfeito para aqueles que buscam descanso em meio a natureza e que querem fugir das praias super povoadas. Em muito, ainda lembra, a antiga vila de pescadores que era antes de ser descoberta por surfistas na década de 70.

Ao sul e oeste do Rosa está a Lagoa da Ibiraquera, onde a pesca do camarão é a grande atração nas noites de lua cheia, além de ser o local perfeito para admirar as mais variadas espécies de aves. Para os adeptos de esportes radicais é uma ótima opção para a prática do surf e kitesurf com suas ondas perfeitas.

Praia do Meio – Torres, RS

Foto: longarina.com

Ao sul da Praia do Cal e ao norte da Praia Grande, a Prainha ou Praia do Meio é a praia mais tranquila de Torres (RS) possuindo somente 600 metros. É muito procurada pelos turistas que querem admirar suas belezas naturais.

No Morro do Farol, a torre mais ao norte, há um oratório dedicado a Nossa Senhora de Aparecida. Do outro lado está a Igreja de São Domingos. No morro dá para  se praticar  paraglider e de seu topo se observa toda a cidade.

E aí? Tá esperando o quê para escolher sua próxima surf trip pelo nosso Brasil?!

Fonte: room5.trivago.com.br