ATKINSON E VAN DIJK VENCEM NA AUSTRÁLIA, BRAZUCAS FICAM EM 3°

Dion Atkinson e Nikki Van Dijk vencem o Australian Open of Surfing e os brasileiros David Silva e Tomas Hermes ficam com  a terceira posição em Manly Beach.

Pódio dos finalistas em Manly. Foto: Smith/WSL.

Dion Atkinson estava em sintonia com as ondas desde o começo do campeonato, conseguindo excelentes pontuações em cada uma de suas baterias. O ex-WCT eliminou na semifinal o brasileiro Tomas Hermes e encontrou na final a jovem sensação europeia, o italiano Leonardo Fioravanti, que havia eliminado o paulista David Silva no round anterior. A experiência de Atkinson prevaleceu na grande final, encontrando as melhores ondas e fazendo um somatório de 14,66 (de 20 possíveis), com um surf sólido de borda. Ele iniciou o ano de 2016 com um grande resultado com seu objetivo de se requalificar para o WCT de 2016. Entre os brasileiros, David Silva agora é o melhor no QS, em quinto no ranking com 5.100 pontos, enquanto Tomas Hermes está na 11° colocação com 3.950.

O Vencedor do QS 6000 Dion Atkison. Foto: WSL/ Smith.

O Vencedor do QS 6000 Dion Atkison. Foto: WSL/ Smith.

“Se alguém me dissesse que iria vencer esta etapa de algumas semanas atrás, eu provavelmente não teria acreditado. Eu sinto que consegui montar um bom camp e fui capaz de criar uma boa dinâmica durante a semana. Simplesmente não consigo acreditar! Este evento é sempre tão difícil com uma multidão asistindo, você dificilmente pode pensar fora na água com o todo que acontece, por isso estou muito amarradão. No ano passado, eu fiquei muito perto da requalificação, e já começar o ano com uma vitória como esta é muito bom”, disse Atkinson sobre a vitória na competição.

Já no Feminino, Nikki Van Dijk construiu sua vitória através de cada um das suas baterias, até mesmo eliminando a local favorita e atual campeã Laura Enever nas semifinais. A atual número 10 do mundo deixou seu melhor desempenho para as finais postando duas excelentes pontuações, um 9.66 e um 8.33, deixando a adversária Malia Manuel precisando de uma combinação de 17.94.Van Dijk conseguiu suas pontuações em esquerdas e direitas.

Van Dijk apostou nas direitas de Manly para faturar o Aussie Bodies Woman’s Pro. Foto: Smith/WSL.

“Ainda estou na lua por ganhar aqui em Manly. As ondas estavam muito divertido hoje eu senti como se estivesse surfando em casa. Malia estava surfando muito bem todo o evento, então estou amarradão por conseguir a vitória. Há tantas pessoas aqui embaixo e uma atmosfera incrível na praia. Eu tive a melhor semana!”, falou Van Dijk.

Com a quinta colocação no QS, David Silva é o melhor Brasileiro no ranking qualificatório. Foto: Smith/WSL

Ranking do QS 2016 Masculino

1 Leonardo Fioravanti (ITA) 9330
2 Matt Wilkinson (AUS) 7550
3 Dion Atkinson (AUS) 7390
4 Patrick Gudauskas (EUA) 5675
5 Deivid Silva (BRA) 5100
6 Joshua Moniz (HAW) 4690
7 Cooper Chapman (AUS) 4670
8 Joan Duru (FRA) 4480
9 Connor O’Leary (AUS)
10 Mihimana Braye (PLF) 4175
11 Tomas Hermes (BRA) 3950
12 Marco Giorgi (URU) 3710
13 Matt Banting (AUS) 3550
14 Kalani Ball (AUS) 3470
15 Ryan Callinan (AUS) 3350
16 Ezekiel Lau (HAW) 3200
17 Kelly Slater (EUA) 3000
18 Marco Fernandez (BRA) 2900
19 Wade Carmichael (AUS) 2770
20 Nathan Yeomans (EUA) 2725