BATE-E-VOLTA DE OLHO NO CANECO DO TAHITI

Adriano de Souza encara maratona de viagens buscando estar na melhor forma possível para sequência do mundial no Tahiti.

Adriano ficou com a terceira colocação no US Open de Surf neste final de semana. Foto: Morris/WSL.

Enquanto o mundo do surf aguarda a provável a notícia da inclusão do esporte nos Jogos Olímpicos a partir de 2020 nesta terça-feira, 02 de agosto, o atual campeão mundial Adriano de Souza já estará se preparando para a próxima parada do Circuito Mundial. Após o término das disputas do US Open de Surf  neste fim de semana, Adriano largou tudo para aproveitar um swell que atingirá o sudeste asiático nos próximos dias. Uma das formas de preparação para a etapa doo Mundial em Teahupoo, Tahiti, cujo prazo vai de 19 e 30 de agosto.

Foto: Tostee/WSL.

“Daqui quatro anos estaremos junto com a galera em Tóquio, palco dos próximos jogos, mas enquanto isso não acontece a gente segue trabalhando e treinando. Curiosamente, o swell entra bem no dia do anúncio da entrada do surf nas Olimpíadas, mas estarei celebrando nas águas. Saí do Brasil, vim para a Califórnia, disputei o US Open, vou para a Indonésia, deixo minhas coisas na Califórnia, surfo, volto pra pegar minhas coisas e vou direto para o Tahiti. Mesmo sendo na minha terra, as Olimpíadas para mim, pelo menos neste ano, será só pela televisão. Mas dia dois receberemos todos a chance de poder disputar ela, o que é um sonho para todos nós do surf”, fala Mineirinho, que carregou a tocha olímpica no último dia 22 de julho no Guarujá e fará uma maratona de viagens por conta de estar bem preparado para a etapa de Teahupoo.