Um wipeout pesadíssimo logo na segunda bateria do dia. O australiano Bede Durbidge vacou ao tentar dropar uma das difíceis ondas de hoje e foi jogado à bancada de corais de Pipeline. Bede não conseguia sair da água sozinho e pediu socorro aos jet-skis, que o resgataram para levar até a areia, onde ele imobilizado. Já em uma maca, o surfista foi encaminhado para o centro médico do Pipe Masters. Dali, segundo a organização da WSL, Durbdige está transferido para um hospital próximo ao local para passar por exames mais detalhados. O que se sabe até o momento é que Bede sofreu uma compressão na coluna.

Bede Durbidge no momento do acidente. Foto: Masurel/ WSL.

Keanu Asing, que disputava a bateria contra o aussie, e Gabriel Medina, que também estava na água no momento do acidente, se mostraram bem preocupados durante a entrevista. O havaiano fez questão de deixar claro o quanto ele acha chato passar de fase por um motivo como esse.

IT’S ON

Depois de alguns dias de paralisação, finalmente as disputas pelo título mundial recomeçaram e ainda hoje talvez já conheceremos o novo campeão mundial da World Surf League em 2015. No páreo pelo tão cobiçado troféu estão três brasileiros, Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza.

Assista ao vivo a briga pelo título mundial 2015 clicando aqui.

Além dos nossos guerreiros, Italo Ferreira, mesmo não estando na briga pelo título, também continua na competição e vamos trocer para um excelente desempenho do potiguar em Banzai Pipeline. E ainda hoje Jamie O’Brien enfrenta o Fanning na quinta bateria do dia. Se O’Brien ganhar, o Brasil já será campeão mundial!

Na água o Round 3 e , de cara, nosso campeão mundial Gabriel Medina contra o sul-africano Jordy Smith. Depois, na terceira bateria, Italo Ferreira enfrenta C.J. Hobgood.  Já Filipe Toledo pega pela frente o havaiano Mason Ho no sétimo confronto. E fechando o Round 3, Adriano de Souza contra o irlandês Glenn Hall.

O Billabong Pipe Masters em Memória de Andy Irons é válido como a última etapa do Championship Tour (WCT) da World Surf League (WSL) e como terceira e última parada da Tríplice Coroa Havaiana. #VAIBRASIL

Para saber as contas do título mundial e simular resultados, acesse http://surfar.com.br/as-contas-de-mineiro-filipe-e-medina-para-o-titulo/.

ROUND 3 – BILLABONG PIPE MASTERS:

1- Gabriel Medina (BRA) x Jordy Smith (AFR)
2- Bede Durbidge (AUS) x Keanu Asing (HAW)
3 – Italo Ferreira (BRA) x C.J. Hobgood (EUA)
4 – Kelly Slater (EUA) x Michel Bourez (PLF)
5 – Mick Fanning (AUS) x Jamie O’Brien (HAW)
6 – John John Florence (HAW) x Taj Burrow (AUS)
7 – Filipe Toledo (BRA) x Mason Ho (HAW)
8 – Joel Parkinson (AUS) x Kai Otton (AUS)
9 – Jeremy Flores (FRA) x Sebastian Zeitz (HAW)
10 – Julian Wilson (AUS) x Adam Melling (AUS)
11 – Josh Kerr (AUS) x Adrian Buchan (AUS)
12 – Adriano De Souza (BRA) x Glenn Hall (IRL)