CHLOÉ CALMON É O BRASIL EM MUNDIAL DE LONGBOARD NA CHINA

Competição que acontece em Ryuei Bay, na China,  segue formato que será utilizado pelas competições de surf nos Jogos Olímpicos de 2020.

Segunda melhor do mundo em 2016 e 2017, a carioca Chloé Calmon é uma das representantes escolhidas pela Confederação Brasileira de Surf, CBS, para representar o Brasil no Campeonato Mundial de Longboard que acontece a partir de 19 de janeiro em Ryuei Bay, praia que fica na ilha chinesa de Hainan. (Em destaque: Chloé Calmon. Foto: Reniers/WSL)

Chloé destaca a importância da prova e diz que var dar o seu melhor nesta competição. Foto: Reniers/WSL.

Chloé destaca a importância da prova e diz que vai dar o seu melhor na competição. Foto: Reniers/WSL.

A prova terá o formato que será utilizado nas competições de surf nos Jogos Olímpicos de 2020 no Japão. Apesar do longboard ainda não está confirmado nos Jogos, ele já está presente no Pan-Americano que acontece em 2019 no Peru.

“Este campeonato na China pode ser o embrião da entrada do longboard nas Olímpíadas, o que já dá uma importância maior ao evento”, fala Chloé, que vai pela sexta vez competir na China e espera tirar proveito dessa experiência no Mundial.

A longboarder carioca completa: “Será uma competição de alto nível, com a presença de várias ex-campeãs mundiais de países tradicionais, como Hawaii, EUA, França, Austrália e Japão, mas que também contará com atletas de vários outros países com menos tradição no esporte por conta do formato estilo Jogos Olímpicos, e isso dará um colorido diferente para a competição, dando a oportunidade do surgimento de novos talentos. A onda de Ryuie Bay é muito boa, eu me sinto bastante à vontade por lá e o Brasil pode ter certeza que vou dar o meu melhor nesta competição.”

A longboarder carioca nas ondas chinesas. Foto: Hain/WSL.