DE OLHO NO FUTURO

Italo Ferreira passa a ter finanças gerenciadas por empresa especializada.

De olho no futuro, apesar dos 21 anos de idade, o surfista potiguar Italo Ferreira já demonstra muita maturidade e sabe o que quer para a sua carreira. Além de chegar ao título mundial, já organiza a sua vida, deixando o planejamento financeiro a cargo de uma empresa se investimentos.

A união deu tão certo, que resultou no patrocínio oficial da empresa ao surfista sétimo colocado no ranking da WSL em sua primeira temporada na elite mundial. “O importante é poder surfar tranquilo, ter um time para me auxiliar, e sei que as finanças estão em boas mãos. Estou feliz por mais essa parceria”, afirmou Italo, revelação do Circuito Mundial de Surf Profissional de 2015.

Italo chegou até o Round 3 no Quiksilver Gold Coast Pro, na Austrália, terminando na 13ª posição. Foto: Cestari/WSL.

Manager e técnico do atleta, Luiz Henrique Campos, o ‘Pinga’ ressaltou a importância do novo parceiro, que também estampará a prancha do surfista: “Ele tem de ter tranquilidade para pensar só na competição. Treinar, se preparar, estar concentrado. A Órama Investimentos, com certeza, cuidará da gestão financeira para a estruturação do futuro dele.”

Habib Nascif , CEO da Órama, ressalta a satisfação de patrocinar um dos melhores surfistas do mundo na atualidade. “Escolhemos o Italo porque ele está começando e podemos dar suporte ao seu sonho de se tornar campeão. Ele é símbolo de talento, superação, treino, energia e versatilidade. Enquanto Italo surfa as melhores ondas, a Órama vai cuidar do seu planejamento financeiro para que ele tenha total tranquilidade nas competições. Em qualquer segmento, quando se tem planejamento, com o dinheiro bem investido, é possível garantir um futuro confortável”, falou Habib.

Foto: Marcelo Dada/Theboxsm.

Italo Ferreira iniciou a temporada este ano como finalizou 2015, surfando muito bem. Chegou até o Round 3 no Quiksilver Gold Coast Pro, na Austrália, terminando na 13ª posição. Foi superado, numa decisão apertada – 14,04 a 13,83 – pelo norte-americano Conner Coffin. Agora, o potiguar segue para a segunda etapa, o Rip Curl Pro Bells, que também acontece em águas australianas no próximo dia 24.

“No ano passado, eu consegui alcanças todos os objetivos, que era ser Rookie of The Year e terminar entre os dez melhores do mundo. Este ano eu quero ir mais além. Subir algumas posições e, quem sabe, no final estar bem no ranking e brigar pelo título”, destacou Italo.

Confira também a matéria com atleta potiguar falando sobre seu quiver e parceria com seu shaper clicando aqui.

Italo já demonstra muita maturidade e sabe o que quer para a sua carreira. Foto: Cestari/WSL.