DESCOBRINDO O REMÉDIO DO SURF!

Quem diria! A gente se anima quando a ciência prova aquilo que já sabemos! Assim, como vemos o benefício da meditação para vida, em Biarritz, na França, médicos estão autorizados a prescrever o surf, stand-up e aulas de remo para pacientes que sofrem de doenças crônicas e depressão em um tratamento teste apelidado de “milagres”.

A cidade litorânea francesa tornou-se a primeira no mundo a prescrever aulas de surf para repelir uma série de doenças com médicos e pacientes insistindo e garantindo que o tratamento funciona 100% (não temos dúvida!). Cerca de 20 médicos estão participando do projeto na capital do surf da Europa para incentivar o corte da medicação colocando cada vez mais pessoas nas ondas!

Os médicos estão autorizados a prescrever cursos de 12 semanas, como surf ou paddle board, além de atividades mais clássicas como natação ou caminhada, variando com a necessidade dos pacientes. Em alguns casos, as sessões substituem toda a medicação.

O programa, criado pelo comitê olímpico nacional regional, segundo as informações recebidas, tem um custo mínimo para oferecer surf ou outros esportes para os atuais 200 beneficiários, com apoio da prefeitura de Biarritz e duas associações de saúde privadas onde os pacientes contribuem com € 10 por sessão.

“Depois de seis meses, já vemos os resultados claramente”, diz Nicolas Guillet, um dos organizadores. Apenas duas ou três pessoas desistiram do programa e praticamente todos aqueles que completam o programa de 12 semanas continuam praticando.

Para Karine, a 40 anos, foram prescritas sessões de stand up paddle: “Eu tenho sofrido de dores nas costas por tanto tempo! Tinha uma operação há 10 anos e fui imobilizada há mais de um mês”, fala Karine. Seis meses mais tarde, ela disse que sua dor nas costas quase desapareceu, descrevendo-o como “uma revolução”.

O contato com o oceano pode ser extremamente terapêutico. As ondas que quebram na água liberam íons negativos. Eles melhoram a oxigenação do tecido, seu humor, o tom, a qualidade do sono e concentração. Esportes náuticos como remo de stand up ajudam os membros inferiores e fortalecem costas e músculos abdominais, bem como os ombros e nádegas”, explica Guillaume Barucq, médico e surfista-fissurado de Biarritz, que descreveu o programa como “milagroso”.

E Barucq ainda acrescenta: “A exposição ao sol ajuda a criar vitamina D, que pode afastar o câncer e diabetes. É também sobre a promulgação de mudança cultural em um país onde 90% de pacientes que vão ao consultório médico estão em busca de uma receita médica.” No entanto, o sucesso do programa depende de médicos que trabalham de forma inteligente em conjunto à educadores desportivos.

Os médicos  dizem que o surf e outros esportes podem ser altamente eficazes na luta contra a dor crônica e a depressão, bem como diabetes e obesidade. Ah sim! E na ajuda para reduzir as 46.000 mortes anuais ligadas à inatividade.

Segundo o Sr. Guillet , mais de 20 cidades francesas entraram em contato para saber mais sobre o esquema. Valérie Fourneyron, um ministro francês e ex-esportes, é o responsável para apresentar uma alteração a uma lei de saúde para facilitar o processo para os pacientes com doenças crônicas.

E aí? Alguém ainda tem alguma dúvida sobre o benefício do surf?!

Por Longarina, parceira da Surfar na seção Surf Feminino.

Fonte: The Telegraphy – http://bit.ly/1WONkM8