Os tops da elite mundial já estão em San Clemente, Califórnia, para o Hurley Pro Trestles 2016, cuja janela de espera começou nesta terça-feira (07/09) e vai até até 18 de setembro. Mas apenas as mulheres disputaram neste primeiro dia do evento. (Em destaque: Gabriel Medina. Foto: Divulgação betterlive.tv)

Adriano de Souza na etapa do ano passado. Foto: Divulgação WSL.

Segundo a previsão, as melhores condições do mar estão previstas entre amanhã, quinta-feira, e o próximo sábado, quando um swell de sudoeste deve chegar em Trestles. Também existe a previsão de um novo swell chegar no meio da próxima semana.

Mineiro. Foto: Rowland/WSL.

O atual campeão mundial Adriano de Souza, que foi segundo colocado no evento no ano passado, é um dos grande favoritos ao título em Lower Trestles. “É uma sensação incrível ter o meu nome no troféu e estou muito feliz com o meu ano, estando em sétimo. Este ano a corrida pelo título está muito empolgante, com Gabriel, Matt e John John, embora o Ace tenha chance, então é muito legal. É ótimo estar buscando resultados e tentar voltar ao páreo também, então seria um grande ponto de virada”, falou Mineiro.

Medina. Foto: Rowland/WSL.

Campeão mundial em 2014 e atual terceiro colocado no ranking mundial, Gabriel Medina também promete estar na briga pelo pódio em Trestles. “Vai ser duro e estou amarradão por estar na briga pelo título. Espero que eu possa obter alguns resultados e ficar numa boa posição para ter outra chance. Tenho treinado muito e feito uma rotina similar à de quando fui campeão, há dois anos, então espero que tudo isso funcione e eu possa conseguir outro título para o Brasil. É um ano diferente e tenho aprendido muito a cada ano. Agora me sinto mais confiante porque estou em casa no Tour. Eu conheço essas ondas e como surfá-las, bem como o que eu preciso fazer. Eu conheço as minhas pranchas também, o que é ótimo, e toda a minha concentração está na água agora”, contou Medina.

Free surf dos tops brazucas em Trestles. Fotos: Divulgação betterlive.tv

A próxima chamada para as mulheres e também para os homens acontece às 11:30 horas desta quinta-feira pelo horário de Brasília. Confira ao vivo o Hurley Pro at Trestles clicando aqui e o Swatch Women’s Pro aqui. Também leia a matéria completa do primeiro dia das disputas femininas em surfar.com.br/swatch-womens-pro-abre-a-etapa-norte-americana-da-wsl-em-trestles/

Enquanto os confrontos do WCT masculino não começam, confira os vídeos da betterlive.tv, produtora que está transmitindo ao vivo os treinos em Trestles, com os melhores momentos das sessions dos tops nestes últimos dias.

A próxima chamada para as mulheres e também para os homens acontece às 11:30 horas desta quinta-feira (horário de Brasília) e a expectativa é de altas ondas até sábado em Trestles (EUA).

SEGUNDA FASE (REPESCAGEM) DO SWATCH WOMEN’S PRO – Vitória=Terceira Fase e Derrota=13.o lugar e US$ 9.000 de prêmio: 

1 – Sage Erickson (EUA) x Lakey Peterson (EUA)
2 – Johanne Defay (FRA) x Alessa Quizon (HAW)
3 – Tyler Wright (AUS) x Bethany Hamilton (HAW)
4 – Courtney Conlogue (EUA) x Chelsea Tuach (BAR)
5 – Sally Fitzgibbons (AUS) x Coco Ho (HAW)
6 – Bianca Buitendag (AFR) x Keely Andrew (AUS)

ROUND 1 DO HURLEY PRO AT TRESTLES  Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase:

1.a: Jordy Smith (AFR), Nat Young (EUA), Keanu Asing (HAW)
2.a: Julian Wilson (AUS), Kanoa Igarashi (EUA), Ryan Callinan (AUS)
3.a: Adrian Buchan (AUS), Miguel Pupo (BRA), Kai Otton (AUS)
4.a: Gabriel Medina (BRA), Adam Melling (AUS), Alex Ribeiro (BRA)
5.a: Matt Wilkinson (AUS), Conner Coffin (EUA), Tanner Gudauskas (EUA)
6.a: John John Florence (HAW), Davey Cathels (AUS), Brett Simpson (EUA)
7.a: Adriano de Souza (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), Matt Banting (AUS)
8.a: Kelly Slater (EUA), Filipe Toledo (BRA), Jeremy Flores (FRA)
9.a: Italo Ferreira (BRA), Caio Ibelli (BRA), Jack Freestone (AUS)
10: Mick Fanning (AUS), Joel Parkinson (AUS), Jadson André (BRA)
11: Kolohe Andino (EUA), Josh Kerr (AUS), Stu Kennedy (AUS)
12: Sebastian Zietz (HAW), Michel Bourez (TAH), Alejo Muniz (BRA)

TOP-22 DO JEEP WSL RANKING – após a sétima etapa no Tahiti:

1.o: John John Florence (HAW) – 39.900 pontos
2.o: Matt Wilkinson (AUS) – 36.000
3.o: Gabriel Medina (BRA) – 35.700
4.o: Adrian Buchan (AUS) – 26.200
5.o: Julian Wilson (AUS) – 25.200
5.o: Jordy Smith (AFR) – 25.200
7.o: Adriano de Souza (BRA) – 24.900
8.o: Kelly Slater (EUA) – 24.450
9.o: Italo Ferreira (BRA) – 24.000
10: Mick Fanning (AUS) – 23.450
11: Kolohe Andino (EUA) – 21.650
12: Sebastian Zietz (HAW) – 21.500
13: Michel Bourez (TAH) – 21.200
14: Josh Kerr (AUS) – 20.200
14: Joel Parkinson (AUS) – 20.200
16: Caio Ibelli (BRA) – 19.950
17: Filipe Toledo (BRA) – 18.950
18: Wiggolly Dantas (BRA) – 18.900
19: Nat Young (EUA) – 16.650
20: Dusty Payne (HAW) – 14.950
21: Kanoa Igarashi (EUA) – 14.500
22: Miguel Pupo (BRA) – 13.200
22: Adam Melling (AUS) – 13.200
——–outros brasileiros no ranking:
26: Alejo Muniz (SC) – 12.000 pontos
28: Jadson André (RN) – 11.750
37: Bruno Santos (RJ) – 5.200
38: Alex Ribeiro (SP) – 4.750
42: Deivid Silva (SP) – 1.750
42: Marco Fernandez (BA) – 1.750
42: Lucas Silveira (RJ) – 1.750
46: Bino Lopes (BA) – 500