FIM DE SEMANA DE DECISÃO PARA TALENTOS DA NOVA GERAÇÃO CARIOCA

Circuito Estadual WQSurf/Oakley Nova Geração 2017 vai conhecer seus campeões neste fim de semana nas ondas da Prainha, zona oeste do Rio de Janeiro.

A 3ª etapa do Circuito Estadual WQSurf/Oakley Nova Geração 2017 está chegando! A competição, que vai definir os campeões cariocas das divisões de base, está confirmada e acontece neste fim de semana, nos dias 11 e 12 de novembro, na Prainha, santuário do surf carioca que fica na zona oeste da Cidade do Rio. A primeira chamada foi marcada às 7 horas para início às 8 horas em ponto.

O evento foi transferido do Arpoador para as ondas da Prainha. Fotos: Claudio Franco e Ruby Nell. 

A direção da FESERJ decidiu transferira etapa do Arpoador para a Prainha porque as previsões atuais apontando para um fim de semana de ondas pequenas, vindas de leste no sábado e de sul no domingo, e com vento sudoeste entrando ao longo dos dias. Enquanto essas condições prejudicam muito a qualidade do surf no Arpex, palco principal desta etapa, a Prainha (palco alternativo) é capaz de oferecer ondas divertidas para a molecada, sendo mais exposta às ondulações e mais protegida do vento sudoeste.

Cauã Costa é o líder na Mirim Masculino. Foto: Gabriel Alho/Midia Bacana.

O evento conta com seis categorias, com a Mirim Masculino e Mirim Feminino, que voltaram a fazer parte do Circuito neste ano. Na categoria Mirim Masculino (Sub16), o líder é Cauã Costa, cearense radicado no Rio de Janeiro. Ele venceu as duas etapas deste ano, enquanto o vice-líder, Daniel Templar, ficou em segundo lugar na primeira prova e em terceiro no segundo evento. Daniel vai precisar fazer uma excelente competição, além de torcer para que Cauã não chegue na final.

O surfista cearense também tem feito bonito na categoria Iniciante (Sub14), vencendo uma etapa e ficando em segundo na outra. Cauã está com 1900 pontos no ranking, 434 a frente do segundo colocado Kalany Ratto e 469 de diferença para o terceiro na lista dos melhores, Sunny Pires, que lidera na Infantil (Sub12). O local de Búzios venceu as duas etapas deste ano e o saquaremense Diego Templar, que está em segundo no ranking, precisa tirar uma diferença de 380 pontos.

A saquaremense Carol Bonelli está bem próxima de levar o título da Mirim Feminino para casa. Foto: Gabriel Alho/Midia Bacana.

Já entre as meninas, na Mirim Feminino (Sub16) a saquaremense Carol Bonelli, que faz parte da equipe do Instituto Gabriel Medina, está bem próxima do título. Carol venceu as duas etapas e tem 371 pontos de diferença para a vice-líder, a carioca Julia Duarte.

O também local de Saquarema Rickson Falcão promete show de surf na Petiz. Foto: Gabriel Alho/Midia Bacana.

Na Petiz (Sub10), o local de Saquarema Rickson Falcão tem duas vitórias e 290 pontos de diferença para Gabriel Dantas, que foi vice numa etapa e terceiro na outra. E na Pré-Petiz (Sub08), Pablo Gabriel e Ramon Kurpan vão chegar ao evento praticamente empatados no ranking. Pablo tem apenas dez pontos a mais que Ramon. Em terceiro lugar está Davi Lösch, que precisa tirar uma diferença de 344 pontos para o líder.

categorias e idades limites dA3ª etapa do Circuito Estadual WQSurf/Oakley Nova Geração 2017:

Pré-petiz – até 8 anos (nascidos em 2009 ou depois)

Petiz* – até 10 anos (nascidos em 2007 ou depois)

Infantil – até 12 anos (nascidos em 2005 ou depois)

Iniciante – até 14 anos (nascidos em 2003 ou depois)

Mirim – até 16 anos (nascidos em 2001 ou depois)

Feminino Mirim – até 16 anos (nascidos em 2001 ou depois)

(*) Na categoria Petiz NÃO é permitido empurrar o atleta na onda.

Confira, clicando AQUI, como estão os rankings após duas etapas.

As ondas da Prainha serão o palco das finais do Estadual Amador do Rio. Foto: Luciano Cabal.

O Circuito Estadual WQSurf/ Oakley Nova Geração 2017 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ em parceria com a WQSurf/Oakley, apoio da Lojas ACQUATIC, e com o apoio de mídia do Surfland e da Revista SURFAR.

Apoio institucional: Prefeitura do Rio.

Agradecimentos: Associação de Surf da Barra da Tijuca (ASBT), Associação de Surf de Búzios (ASB), Arpoador Surf Club (ASC), e Favela Surf Club (FSC), e Associação dos Surfistas e Amigos da Prainha (ASAP).