HAVAIANO É BICAMPEÃO DO PE’AHI CHALLANGE EM JAWS

O Pe’ahi Challenge, etapa do Big Wave Tour, rolou nesta última sexta-feira, nas temidas ondas de Jaws e teve como campeões os havaianos Billy Kemper e Paige Alms. com Greg Long em segundo, africano Grant Baker em terceiro, Nic Lamb em quarto, o brasileiro Pedro Calado em quinto e Will Skudin na sexta colocação. (Em destaque: Billy Kemper. Foto: Heff/WSL)

“Treinei muito duro nas últimas oito semanas. Estou me sentindo 100% este ano e não estava assim no ano passado. Estou nas nuvens e surfei com alguns dos meus heróis e pioneiros deste esporte – Greg e Twiggy. Eu não sabia que estava vencendo, então fui com tudo na última onda,” contou Kemper sobre a final.

E complementa: “Este ano tem sido totalmente diferente para mim. Eu nunca me senti tão bem em minha vida, vim aqui para vencer novamente e consegui. É muito bom vencer aqui. Cresci aqui – este é o meu quintal e o meu sangue, suor e lágrimas. É uma benção ter uma etapa do Big Wave Tour aqui, em casa. O meu trabalho e a minha dedicação foram recompensados!”

  Kemper manteve a soberania em Jaws e conquistou o bicampeonato da prova com direito a uma nota 10.. Foto: Heff/WSL.

A nota 10 de Billy Kemper na final

A final em Pe’ahi também contou com Pedro Calado, que superou grandes nomes como Shane Dorian e Damien Hobgood, derrotados  na primeira fase da competição. Essa segunda final do big rider carioca, de apenas 20 anos de idade, no Big Wave Tour. Em junho, Calado ficou em terceiro lugar em Puerto Escondido, no México, atrás do campeão Grant Baker e o vice Greg Long.

Pedro Calado, de apenas 20 anos, fez bonito nas ondas de Jaws. Foto: Heff/WSL.

Além do jovem Calado, outros brasileiros que também enfrentaram as perigosas ondas em Jaws foram o baiano Yuri Soledade e o pernambucano Carlos Burle. Yuri passou pela primeira fase, mas acabou em nono lugar na classificação geral depois de perder na semi. Já Burle perdeu logo de cara e parou na estreia do evento.

Yuri Soledade. Foto: Heff/WSL.

Carlos Burle. Foto: Heff/WSL.

No Feminino, a havaiana Paige Alms foi a melhor e conquistou  a vitória com uma excelente performance na final contra a francesa Justine Dupont, as também havaianas Keala Kennelly e Emily Erickson, e as australianas Felicity Palmateer e Laura Enever.

“Sinto como se fosse um sonho, não consigo acreditar. É uma benção estar lá fora com apenas algumas garotas, foi muito especial. O apoio muito bom e é muito legal ter todos os meus amigos aqui e conseguir isso em casa. Tem sido um sonho ter uma etapa para as mulheres aqui. Ter o lineup vazio é uma verdadeira benção, perdendo ou ganhando. Algumas garotas se machucaram e estou triste por elas não terem disputado a final conosco, mas elas estarão de volta para mais”, falou Paige Alms.

A campeã Paige Alms. Foto: Hallman/WSL.

No time verde-amarelo entre as mulhres estavam Silvia Nabuco e Andrea Moller,  que foram eliminadas eliminadas precocemente na primeira fase do evento. Outra brasileira que também foi convidada para a competição, Maya Gabeira,  abriu mão da sua vaga por ainda estar se recuperando de uma lesão.

Highlights: Pe’ahi Challenge

Resultado Masculino do Pea1hi Challange

Masculino

1 Billy Kemper (HAW) 29.07 pontos
2 Greg Long (EUA) 26.69
3 Grant Baker (AFR) 22.47
4 Nic Lamb (EUA) 18.89
5 Pedro Calado (BRA) 18.04
6 Will Skudin (EUA) 14.41

Resultado Masculino do Pea1hi Challange

Feminino

1 Paige Alms (HAW) 21.66 pontos
2 Justine Dupont (FRA) 10.77
3 Felicity Palmateer (AUS) 1.63
4 Keala Kennelly (HAW) 0.00
4 Emily Erickson (HAW) 0.00
4 Laura Enever (AUS) 0.00

Ranking do BWT  – Top 5

1 Grant Baker (AFR) – 21,180 pontos
2 Greg Long (EUA) – 20,832 pontos
3 Pedro Calado (BRA) – 14,709 pontos
4 Billy Kemper (HAW) – 13,589 pontos
5 Will Skudin (EUA) – 11,053 pontos