MARESIA PAULISTA DE SURF PROFISSIONAL COMEÇA AMANHÃ NO GUARUJÁ

33º campeão estadual será definido em três etapas, com a “largada” do Circuito na Praia de Pitangueiras.

Thiago Camarão. Foto: Silvia Winik.

A Praia de Pitangueiras, junto ao “Canto do Maluf”, no Guarujá, será o primeiro palco deste ano do Maresia Paulista de Surf Profissional neste  fim de semana, 07 e 08 de maio. A competição também vale pontos para o ranking brasileiro, reunindo 108 surfistas de 11 estados. Entre os destaques, o atual campeão Thiago Camarão, local de São Sebastião, que no ano passado foi o mais regular, chegando à final das três etapas.

Thiago Camarão. Foto: Silvia Winik.

“Estou focado em surfar bem. Eu acho que o que aconteceu no ano passado foi muito bom, para reforçar minha autoconfiança. É outro ano e todo mundo começando do zero. Por ser a primeira etapa, todos estarão bem preparados, buscando o seu melhor. Meu foco é fazer o meu melhor”, afirma o surfista de 27 anos, que estreia na primeira bateria do Round 3, prevista para às 14h40 deste sábado. E acrescenta: “Acredito que a regularidade vem de um trabalho feito no decorrer da minha carreira. A experiência hoje em dia conta muito. Se acontecer de vir o bicampeonato, ficarei muito feliz.”

O mais tradicional circuito do país conhecerá o seu 33º campeão estadual e o dono do novo título entra para uma galeria que conta com ícones do passado, como Almir e Picuruta Salazar, Paulo Rabelo, Amaro Matos, Jojó de Olivença, Tinguinha Lima, Renan Rocha, Jair de Oliveira e Tadeu Pereira. Almir é o único tetracampeão, enquanto Jair detém o tri. Para conferir a competição ao vivo, clique aqui.

Raoni Monteiro. Foto: Silvia Winik.

Na disputa dessa etapa inicia, estarão em ação desde surfistas experientes, vindo de longe, como o cearense Dunga Neto, os ex-tops do WCT Raoni Monteiro e Léo Neves, do Rio de Janeiro, até promessas da nova geração, como Gabriel André e Guilherme Silva, do Guarujá. Outro talento local que compete como destaque é Deivid Silva, melhor brasileiro no ranking mundial QS (4º lugar) e convidado para reforçar o Brasil na etapa do WCT, no Rio de Janeiro.

Os olhares também se voltam para Hizunomê Bettero, de Ubatuba, mais um brasileiro no QS, que é bicampeão do Maresia Paulista e nos dois últimos anos chegou muito perto do tri, sendo o vice ano passado, inclusive. Em 2015, na etapa da Praia de Pitangueiras, o vencedor foi o “prata da casa” Victor Bernardo. Já em 2014, quem levou no “Canto do Maluf” foi o potiguar Italo Ferreira, hoje o terceiro melhor do WCT.

Deivid Silva. Foto: Silvia Winik.

O vencedor da etapa levará para a casa R$ 8 mil e um relógio Casio G-Shock. Outra atração é a Overboard Expression Session, com R$ 1 mil ao autor da manobra mais radical. O público que acompanhar as disputas concorrerá a duas pranchas New Advance, uma na praia, e outra pela transmissão ao vivo. Os fãs também concorrerão a três camisetas do Circuito, acessando o site.

O Maresia Paulista de Surf Profissional 2016 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Casio G-Shock, K Energy Drink e pranchas New Advance. Apoio da BeeNoculus. A realização é da Federação Paulista de Surf, com apoios do Governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, prefeituras de Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, associações de Surf de Guarujá e de São Sebastião e Ubatuba de Surf.

Gabriel André. Foto: Silvia Winik.