MORRE O PRIMEIRO TUBE RIDER DO SURF MUNDIAL

Considerado um dos primeiros exímios tube riders do surf mundial, Conrad Canha faleceu neste último fim de semana, no Hawaii, aos 85 anos. 

Nascido em Maui em 1932, Conrad Canha começou a surfar aos 15 anos e era considerado por muitos como o primeiro tube rider do surf havaiano, além de um dos surfistas mais influentes do Hawaii na década de 50. Ele também ficou conhecido por ter feito a transição das pranchas em balsa para poliuretano, já tarde, mantendo assim uma alma purista até praticamente os anos 60. (Em destaque: Conrad Canha. Foto: theinertia.com/Tim McCullough)

Foi um dos surfistas mais influentes da década de 50. Foto: Encyclopedia of Surfing.

Canha foi um dos surfistas mais influentes da década de 50. Foto: Encyclopedia of Surfing.

Seu talento nas ondas era reconhecido tanto em mares grandes ou pequenos, no free surf ou em competição. Uma das suas maiores vitórias foi no lendário Makaha Invitational em 1956. Mas, tempos depois, Canha se estabeleceu em Ala Moana, na costa sul de Oahu, seu pico favorito. Foi por lá que nos anos 60 ele se aperfeiçoou na arte de entubar.

Mais tarde, na década de 70, Conrad Canha confidenciou em entrevista à Surfer Magazine que durante cinco anos apenas surfou em Ala Moana, o que fez com que conhecesse tão bem os segredos daquela onda. “Devia ter começado a surfar lá antes. Há um pico triangular e, se entrares no tempo certo, podes ficar lá dentro. Completamente coberto. As pessoas não te veem de terra. Quando isso me acontece sinto que estou sozinho com a onda, sem ninguém à volta. Apenas consegues ver um pequeno buraco à tua frente. É fantástico”, confidenciou Canha na época.

Confira uma amostra do grande talento do havaiano Conrad Canha, CLICANDO AQUI!