O QUE É UMA BOA PRANCHA?

Se você perguntar por aí para qualquer surfista com um pouco mais de experiência qual a coisa mais importante para a prática e a evolução do seu surf, entre alguns fatores, uma resposta será repetida muitas vezes: “uma boa prancha”.

E para falar mais sobre esse assunto, conversamos com a ArteVivaSurf, que assina embaixo! Um bom desempenho no surf é a soma prancha junto com seu bom condicionamento físico, ela é a coisa mais importante nessa atividade que a gente tanto ama. Uma boa prancha, além de durar mais, não quebrar ou amarelar rapidamente, te dá segurança dentro da água, permite que você se posicione da maneira que quiser na onda e te ajuda a desenvolver essa ou aquela manobra que está tentando.

Mas, afinal, o que é uma “boa prancha”?  Claro que começa por ter em sua composição uma boa matéria prima. O bloco da prancha, a sua resina, o tecido de fibra de vidro e os copinhos das quilhas e do leash são matérias que compõe normalmente as pranchas, que também precisam ter uma boa procedência e, de preferência, serem de marcas já reconhecidas e utilizadas por surfistas para que se tenha confiança na sua qualidade.

Existe no mercado uma grande variedade desses materiais e copinhos, passando por tipos e qualidades das mais diversas. Dos fabricados em quintal até os que envolvem tecnologia de ponta, a diferença entre eles afeta diretamente a qualidade da prancha e como resultado o preço final da sua “boia”. Por isso é sempre importante lembrar: uma prancha cara não é sinônimo de prancha boa, assim como uma prancha muito barata.

Fora toda essa questão da matéria prima utilizada na fabricação da “boia”, para que uma prancha seja realmente boa ela deve sera antes de tudo boa PARA VOCÊ!

A prancha boa deve responder a uma questão fundamental que eu sempre falo: o que você quer com essa prancha?  Você quer aprender a surfar? Quer dar aéreos ou pegar tubos? Acelerar ou atrasar na onda? Cada design de prancha nasce para responder essa questão primordial, que somente você pode responder enquanto o shaper dever estar aberto para ouvir, entender sua real necessidade e junto com seu conhecimento técnico dar suporte para que vocês desenvolvam juntos uma BOA PRANCHA de verdade!

Ah! E mantenha sua prancha fora do sol e sem sal! É contraditório, pois é nesse ambiente que o surf rola, mas esses dois elementos são os principais inimigos da conservação da sua amada! Espero que tenha gostado das dicas e qualquer dúvida, ideia, desconfiança ou inspiração maluca, fique à vontade para entrar em contato com a Arte Viva Surf, será o maior prazerajudar a encontrar a prancha dos sonhos!

Fonte: http://www.lifehack.org/

 

Por Longarina, parceira da Surfar na seção Surf Feminino.