O QUE ESPERAR DA COSTA RICA?

Quanto menos se espera de uma surf trip, melhor. Reduzir as expectativas é dar chance ao lugar de nos surpreender de todas as formas. Quando o assunto é surf, a EXPECTATIVA é sempre um filme de ONDAS PERFEITAS passando na nossa cabeça. E a gente lá dentro, quebrando a vala, é claro! (Foto em destaque: swellsul.com.br)

Com alguns dias de viagem, pode-se dizer que esse filme não inclui cenas dos perrengues para chegar aos melhores picos, dos caldos e das dores em lugares que você nem sabia que podiam doer tanto! Mas quem conhece o mar já sabe que esses desafios fazem parte do sonho, e tudo vale a pena quando dropamos uma ONDA PERFEITA, sonhando acordadas!

Sonhos à parte, em fatos reais, na Costa Rica faz MUITO CALOR! Próxima à linha do Equador, com 12 horas de sol, rachando, por dia, lá precisa-se de pouquíssima roupa! Aposte em uma mala pequena!

A moeda local é o Cólon, mas quem move a economia do país é o dólar (aceito em 90% dos lugares), portanto é um pouco caro comparado aos outros países da América Central: média de oito a 12 dólares por uma refeição, e 40 dólares para se hospedar em um quarto simples.

Esteja preparada para SE MOVIMENTAR! Organize bem seu itinerário, pois a capital San Jose, onde chega a maioria dos voos, fica longe do litoral. Seis horas de ônibus + uma hora de balsa para chegar à região de Mal País.

Não há muito o que conhecer em San Jose. Em uma noite por lá, basta para programar sua partida para a praia que escolher! Os ônibus saem do “Novo Terminal 7.10”, então para facilitar o melhor é se hospedar em algum hostel perto de lá.

Mal País tem MUITOS PICOS PARA SURFAR, mas que funcionam com swell de direções diferentes. O mar pode estar bem ruim na praia onde você está, e clássico numa outra ao lado! Então, fique ligada nas previsões (o app MagicSeaWeed é super completo), converse com os locais e considere alugar um veículo como bike, moto, quadriciclo ou carro, pois não é caro e não há muita burocracia para isso.

Espere também desse país, que tem uma das maiores porcentagens de área preservada do mundo, um CONTATO INTENSO COM A NATUREZA! Em meio à floresta tropical, na copa das árvores altíssimas, podemos ver famílias de macacos, esquilos e aves raras. Iguanas de todos os tamanhos embelezam os caminhos das praias.

Em algumas regiões, onde os rios desembocam no mar, aparecem constantemente os temidos crocodilos! Para se jogar into the wild, não deixe de passar um dia na cachoeira de Montezuma e na Reserva Nacional do Cabo Blanco.

O ESPÍRITO PURA VIDA da Costa Rica, com certeza,não decepciona! O pôr do sol no mar, muito verde, inúmeras opções de aventura, surf por toda parte e a felicidade constante dos costarriquenhos agregam vida a esse destino certo para o crescimento pessoal e cultural.

Agora chega de teoria! Separe suas guns, arrume as malas, pegue seu passaporte  e #PartiuSurfarNaCostaRica!

Por Longarina, parceira da Surfar na seção Surf Feminino.