OI RIO PRO É ADIADO NESTA SEGUNDA FEIRA

Uma nova chamada para a terceira fase masculina e para as quartas de final femininas da etapa brasileira da World Surf League foi marcada para as 7h00 da terça-feira no Postinho, na Barra da Tijuca.

Postinho. Foto: WSL.

A semana começou com ondas muito pequenas e ventos fortes para a continuação do Oi Rio Pro apresentado por Corona, que tem prazo até o próximo sábado para ser encerrado no Rio de Janeiro. O “day off” foi decretado logo na primeira reunião da comissão técnica da etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour na segunda-feira e uma nova chamada para a terceira fase masculina e para as quartas de final femininas foi marcada para as 7h00 da terça-feira na arena do Postinho da Barra da Tijuca.

“Estamos cancelando a competição por hoje (segunda-feira), porque as ondas vão ficar muito pequenas durante todo o dia”, disse Travis Logie, Deputy Commissioner da World Surf League, responsável pela decisão de adiar ou não a competição a cada dia. “O swell (ondulação) do fim de semana continua declinando e vamos voltar amanhã (terça-feira) para analisar as condições. Temos uma grande ondulação encostando no Rio de Janeiro nos próximos dias e estamos ansiosos para ver como vai ser”.

Filipe Toledo treinando no Rio. Foto: Smorigo/ WSL.

Se o próximo dia começar pelos homens, dez brasileiros vão disputar classificação para a quarta fase, quando começa a batalha por vagas para as quartas de final do Oi Rio Pro apresentado por Corona no Rio de Janeiro. O defensor do título da etapa brasileira, Filipe Toledo, entra na primeira bateria com o italiano Leonardo Fioravanti. Na segunda, o catarinense Alejo Muniz enfrenta ao havaiano John John Florence e na quarta o paulista Caio Ibelli já defende posição no seleto grupo dos top-5 do ranking contra o australiano Ryan Callinan.

Caio Ibelli. Foto: Luciano Cabal.

Depois, tem dois dos três duelos 100% brasileiros da segunda rodada eliminatória do Oi Rio Pro. Isso garante três classificados para a quarta fase, mas três terminarão em 13.o lugar no quarto desafio do Samsung Galaxy WSL Championship Tour 2016. A primeira bateria verde-amarela será a sexta, entre o campeão mundial Adriano de Souza e o carioca Lucas Silveira. E na sétima, o potiguar Italo Ferreira, agora na briga direta pela lycra amarela do Jeep WSL Leader do australiano Matt Wilkinson, enfrenta o baiano Marco Fernandez. Para assumir a ponta do ranking no Rio de Janeiro, tanto Italo como o havaiano Sebastian Zietz, precisam vencer o Oi Rio Pro.

Gabriel Medina deu show no Round 2. Foto: Luciano Cabal.

Na disputa seguinte, o paulista Miguel Pupo compete contra o norte-americano Kanoa Igarashi. E depois, mais um duelo brasileiro vai fechar a terceira fase, com o recordista absoluto com a primeira nota 10 do Oi Rio Pro 2016, Gabriel Medina, enfrentando o também paulista Deivid Silva. Os vencedores das baterias nesta rodada ganham duas chances de classificação para as quartas de final e os perdedores terminam em 13.o lugar, marcando 1.750 pontos no ranking e recebendo 10.500 dólares de prêmio.

Confira as baterias do Oi Rio Pro e Oi Rio Women´s Pro:

QUARTAS DE FINAL DO OI RIO WOMEN´S PRO:
1.a: Sally Fitzgibbons (AUS) x Malia Manuel (HAV)
2.a: Courtney Conlogue (EUA) x Tatiana Weston-Webb (HAV)
3.a: Tyler Wright (AUS) x Johanne Defay (FRA)
4.a: Stephanie Gilmore (AUS) x Carissa Moore (HAV)

TERCEIRA FASE – Derrota=13.o lugar com 1.750 pontos e US$ 10.500 de prêmio:
1.a: Filipe Toledo (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
2.a: John John Florence (HAV) x Alejo Muniz (BRA)
3.a: Nat Young (EUA) x Dusty Payne (HAV)
4.a: Caio Ibelli (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
5.a: Stu Kennedy (AUS) x Davey Cathels (AUS)
6.a: Adriano de Souza (BRA) x Lucas Silveira (BRA)
7.a: Italo Ferreira (BRA) x Marco Fernandez (BRA)
8.a: Kanoa Igarashi (EUA) x Miguel Pupo (BRA)
9.a: Sebastian Zietz (HAV) x Adam Melling (AUS)
10: Jordy Smith (AFR) x Jack Freestone (AUS)
11: Michel Bourez (TAH) x Matt Banting (AUS)
12: Gabriel Medina (BRA) x Deivid Silva (BRA)