PERU TEM A PRIMEIRA PRAIA DE SURF NOTURNO

Agora o surf noturno em Lima, no Peru, já não é reservado exclusivamente para os dias de lua cheia.  A praia de La Pampilla recebeu em dezembro do ano passado uma iluminação especial para quem quer aproveitar o surf noturno. As autoridades de Miraflores instalaram vários sistemas de iluminação de alta intensidade na praia.

Praia de La Pampilla com iluminação para a prática do surf noturno. Foto: Municipalidad de Lima.

Ao todo são quatro postes de concreto instalados com 55 metros de altura, com cada um com dois refletores de 1000 watts de LED, iluminando entre 200 a 400 metros da praia que já foi palco de importantes etapas do circuito nacional.

“Temos a primeira praia da América Latina que tem iluminação para os surfistas. Esse projeto beneficiará o surf como um esporte noturno, serve para aqueles que vêm para a prática do surf e para as pessoas que querem desfrutar da paisagem com suas famílias”, contou o prefeito Luis Castañeda, que ainda disse que a cidade pretende expandir as áreas de iluminação e acesso entre La Pampilla e Punta Roquitas.

Surf noturno no Arpoador. Foto: Marcelo Piu/globo.com

Mas ao contrário da informação do prefeito Luis Castañeda, La Pampilla não é a primeira praia da América Latina a receber uma iluminação especial para o surf noturno.

No início da década de 90, a praia do Arpoador, no Rio de Janeiro, recebeu uma iluminação similar e até hoje os surfista aproveitam as ondas do local para o surf noturno.