SILVANA LIMA DOMINA NA COSTA RICA

Silvana Lima fechou a porta para Pauline Ado na final do evento, com somatório total de 17.40 contra 14.26 da francesa, após acertar um enorme aéreo reverso nas ondas de Esterillos Este.

Após ser vice-campeã por duas vezes no início deste ano, em Los Cabos e El Salvador, a cearense Silvana Lima botou mais um na conta  e venceu o Pro QS3000 Essential Costa Rica Open neste último domingo, dia 09 de outubro. A vitória, inclusive, pode ser exatamente o que ela precisa para conquistar a sua classificação e retornar à elite do surf mundial, embora ainda restam mais dois eventos para fechar o calendário de 2016. (Em destaque: Silvana deu show com seu aéreo reverse. Foto: Johan Pacheco/WSL)

costa-rica-johan-pachecoSilvana Lima comeorando a vitória na etapa QS, na Costa Rica. Foto: Johan Pacheco/WSL.

“Estou tão feliz agora, pois finalmente conquistei uma grande vitória este ano e alguns pontos muito importantes. Eu dei nessa final mais do que cem por cento. Esta vitória é um alívio, porque eu posso passar mais tempo em casa e me preparar para a Austrália. É uma sensação incrível, fechar um evento com meus objetivos em mente e estar aqui capaz de dizer que eu fiz o meu trabalho”, contou a atleta cearense.

A atleta em ação no Costa Rica Open. Foto: Johan Pacheco/WSL.

A conquista do Essential Costa Rica Open projeta Silvana para número quatro no ranking do QS, superando Keely Andrew e Sage Erickson, com suas chances de WCT. Sua requalificação está agora quase solidificando. Sua campanha começou com uma vitória sobre outro ex-concorrente ao WCT Paige Hareb e QS Brianna Cope nas semifinais.

Silvana está focada para a próxima etapa do QS  Foto: Johan Pacheco/WSL.

“Amo competir, é a minha vida e eu adoro isso, Nem sequer pensava sobre a vida após a competição ainda porque cada evento me deixa tão empolgada. Eu vou à Indonésia para treinamento realmente focada no QS da Austrália, estou esperando muito por este evento e quero estar mais do que preparada. Ainda há ainda algumas meninas do WCT que estão na fronteira de qualificação e será, nesse caso, por isso vai ser uma grande disputa”, concluiu Silvana. 

costa-ricaA campeã Silvana Lima divide o pódio com a francesa Pauline Ado. Foto: Johan Pacheco/WSL.