SURF FEMININO BRASILEIRO ABRE TEMPORADA 2018

Nosso pelotão feminino, Silvana Lima, Tainá Hinckel e Tatiana Weston-Webb, abrem temporada com um QS 6000 nos Estados Unidos.

Nesta quinta-feira, 18 de janeiro, foi dado o pontapé inicial na temporada 2018 de boa parte das surfistas do Circuito Mundial com o Ron Jon Florida Pro, uma das competições mais importantes do ano. A prova, que acontece na praia de Sebastian Inlet, Flórida, vale seis mil pontos no ranking do QS, principal porta de acesso à elite. Além de aspirantes às tops da elite mundial, o torneio também receberá atletas em fase de treinamento para a perna australiana do WCT, entre ela três brasileiras: Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb e Tainá Hinckel.

Silvana quer deixar o surf bem afiado para ter uma boa performance na perna australiana. Foto: Masurel/WSL.

Com dois títulos do QS no currículo, a cearense Silvana Lima parte para a Flórida com o objetivo de fazer bonito rumo à perna australiana, assim como Tatiana Weston-Webb, que possui sangue brasileiro e havaiano correndo nas veias. Já a principal revelação do surf feminino nacional, a catarinense Tainá Hinckel, segue seu aprendizado para poder competir novamente uma etapa do WCT em breve, o que aconteceu no Rio Pro em 2017.

“Agora o ano começou! Estava com saudade das competições e nada como começar em um torneio de alto nível com várias outras atletas da elite visando o início da temporada do WCT. Afinal, minha ideia é manter o nível e conquistar mais vitórias, como aconteceu em Trestles no ano passado”, destaca a cearense.

Tati Weston-Webb,. Foto: Divulgação.

Tati Weston-Webb,. Foto: Divulgação.

Tatiana Weston-Webb também se mostra muito empolgada com a competição:”Estou muito empolgada em começar o ano com esse torneio de seis estrelas. Treinei muito no Brasil com as ondas pequenas e estou definitivamente pronta para este evento. Estou bem confortável e confiante com minhas pranchas e meu treino, espero fazer bonito na Florida.”

Já a catarinense Tainá segue sua maratona, uma vez que ela disputou há poucos dias as finais do Pro Junior, onde chegou às semis. “Aqui o ano já começou faz tempo e estou feliz em disputar dois eventos de nível tão bom logo no primeiro mês do ano. Que eu consiga chegar mais longe que no Pro Junior, ou seja, no mínimo disputar a final”, falou a jovem.

Tainá Hinckel quer ter o gostinho de disútar novamente uma etapa do WCT. Foto: Dunbar/WSL.

O Ron Jon Florida Pro,QS 6000 que acontece na praia de Sebastian Inlet, Flórida, EUA, começa nesta quinta-feira, 18 de janeiro. Confira ao vivo, clicando AQUI.