SURFAR #46 – NAS BANCAS DE TODO BRASIL!

A EVOLUÇÃO NÃO PODE PARAR! 

Chegando perto de completar oito anos, a Surfar também entrou na era digital. O lançamento do novo site surfar.com.br é mais um modelo inovador para distribuirmos o nosso conteúdo pelo celular (6 bilhões de aparelhos no planeta). E essa renovação (digital) trouxe mais interatividade com os leitores através da redes sociais. No Instagram já temos 85 mil seguidores e no Facebook nossas publicações chegam a alcançar 300 mil pessoas por semana. Isso totaliza mais de 1,2 milhão por mês, tornando possível nossa redação falar com os leitores várias vezes por mês e, assim, aumentar a relação que até pouco tempo era casual. Estamos sempre abertos a receber críticas e sugestões de pautas, a revista é feita para os leitores que se interessam por assuntos ligados ao surf.

Na produção de conteúdo para o surfar.com.br, Instagram (@surfar) e Facebook, nossa redacão trabalha num ciclo de 24 horas durante os sete dias da semana, investindo em conhecer melhor os consumidores e produzir um material de qualidade. Diante dessa “revolução”, a maior empresa de auditoria de veículos impressos viu a necessidade de auditar a mídia de multiplataforma; dados de acesso à conteúdo em tablets, celulares, vídeos, eventos, newsletters, além do impresso.

MELHOR DA SÉRIE – O showman Jamie O’Brien dando aula de como pegar tubo no primeiro swell da temporada havaiana 2015/2016. Foto: Sebastian Rojas.

Enquanto rolava tudo isso acima, colocamos mais uma edição nas bancas. Este mês você vai conhecer uma galera que adora viajar para pegar onda. Até aí não tem nada de novo. Mas imagina reunir 51 pessoas para uma trip às Maldivas? Um projeto que durou dois anos para sair do papel que está na matéria “A Grande Família do Surf”.

A GRANDE FAMÍLIA DO SURF- O privilégio de viajar na companhia dos amigos e da família é o sonho de muitos surfistas. Foto: Sergio Oliveira.

A GRANDE FAMÍLIA DO SURF – Uma galera que adora viajar para pegar onda. Foto: Sergio Oliveira.

Em nossas investidas ao redor do planeta, desbravamos mais um pico de surf, só que dessa vez na Barra da Tijuca, a dois quilômetros da nossa redação. Um grupo de surfistas encarou a Laje do Gardenal, como ficou conhecido o pico por ser tratar de um laje “tarja preta.” O resultado você confere nas próximas páginas.

LAJE DO GARDENAL – Stephan Figueiredo, Pedro Calado e Paulo Curi colocaram a coragem à prova na bancada mais “tarja preta” do Rio. Foto: Igor Hossmann.

LAJE DO GARDENAL – Desbravamos mais um pico de surf, só que dessa vez na Barra da Tijuca, a dois quilômetros da nossa redação. Fotos: Igor Hossmann e Fernando Andrade.

E é com um grande prazer que publicamos uma matéria de Mentawai com o texto exclusivo do nosso ídolo Fabio Gouveia, que foi convidado pela Seaway para se integrar à trip.  Além de excelente surfista, em plena atividade, Fabinho investiu na carreira de shaper e vem colhendo bons frutos. Na última conversa que tivemos pelo telefone, falei para ele que “tinha nascido com o dom da escrita”, uma maneira de se expressar que, além de informar com detalhes toda a trip, nos diverte muito com seus textos.

MENTAWAI – A equipe Seaway tocou o barco para as Ilhas Mentawai junto ao ilustre convidado Fabio Gouveia, que escreveu a matéria. Foto: Clemente Coutinho. 

MENTAWAI – 20 páginas nas paradisíacas ondas das ilhas. Foto: Clemente Coutinho.

E fechando a última edição do ano com chave de ouro, a Surfar traz um ensaio com a atriz Natália Rosa, que trocou São Paulo pelo Rio de Janeiro há dois anos e já se adaptou perfeitamente ao life style da Cidade Maravilhosa. “Sou muito solar, praieira… Pelo meu estilo de vida e pela minha profissão, meu lugar no mundo hoje é aqui no Rio”, falou.

ENSAIO SURFAR – “Sou essencialmente ligada ao esporte e à natureza. Pra mim, o surf casa lindamente essas duas paixões.” – Natália Rosa. Foto: Fred Rozário. 

ENSAIO SURFAR – Morando atualmente no Posto 5 da praia da Barra da Tijuca,  Natália costuma frequentar mais seu quintal de casa, porém diz que prefere as praias mais afastadas e menos “bombadas”. Foto: Fred Rozário.