Assim que foi lançado no Brasil o jogo YouRiding: The Journey para smartphones e tablets, os “viciados” já foram à loucura pelo game de surf. Desde então, os brasileiros dominaram o game mundialmente. Agora chegou a hora de surfar os picos do nosso país e não dar mole para os gringos no ranking! Faça o download para Android e IOS.

“O Brasil não é só nossa maior audiência de jogadores, mas eles também são os mais engajados e apaixonados playes com uma imensa percentagem no top 50 dos rankings do Free-ride!”, disse Travis Bateman, responsável pelo marketing da YouRiding. E  completou: “É um país extremamente importante para nós por causa do impacto na indústria de surf e por ter um explosivo elenco de surfistas top. Não tem nenhum país que tenha tanto orgulho e paixão como o Brasil, e nós amamos ver isso sendo levado para o jogo. Nós adoramos os players brasileiros que são competitivos e vibrantes pelo país deles, isso traz competitividade. Quando no futuro tivermos o modo World Tour, nós já antecipamos que o Brasil será difícil de ser batido.”

Mormaii_barrel01_socialmediaChegaram as marcas, surfistas e picos brasileiros no melhor game da atualidade.

O jogo, que irá contar com mais de 300 ondas ao redor do mundo, a partir de hoje já tem 15 picos brasileiros. São eles: Torres (RS), Praia do Rosa (SC), Silveira (SC), Campeche (SC), Joaquina (SC), Matinhos (PR), Maresias (SP), Itamambuca (SP), Postinho (RJ), Arpoador (RJ), Itaúna (RJ), Regência (ES), Praia do Forte (BA), Maracaípe (PE) e Cacimba do Padre (PE).

Em cada pico você recebe as dicas dos surfistas locais para melhoras a performance e passar de fase. E tem mais! No final, você irá enfrentar um deles. Os representantes brasileiros no jogo são Wiggolly Dantas, Fabio Gouveia, Ian Gouveia, Marco Giorgi, Marcelo ‘Trekinho’, Samuel Pupo, Peterson Crisanto, Stefano Dornelles, Bino Lopes, Halley Batista, Krystian Kymerson, Lucas ‘Chumbinho’ e Ian Cosenza. Toda essa jornada pelo mundo e pelas ondas brasileiras você pode fazer equipado da marca nacional Mormaii e usando pranchas da FG Shape & Design e da Cabianca Design.

FG_cutback_socialmediaSurfe com as pranchas do mestre Fabio Gouveia.

“Nosso recurso favorito no The Journey é a quantidade de conteúdo incluído no jogo. Queremos dar aos jogadores a possibilidade de surfarem picos que eles são realmente familiarizados ao invés de só surfarem Pipeline ou Trestles. Há algo de especial em surfar uma onda onde você fica confortável e isso dá ao jogo uma sensação de legitimidade. Isso sem falar que ser o número um entre milhares no seu quintal de casa faz você se sentir como o verdadeiro local”, destacou Travis Bateman.

Os vários anos sem um jogo de surf de qualidade para os “viciados” se divertirem fora d’água, deixaram os surfistas ansiosos por um novo, principalmente os integrantes da nova geração que eram muito novos na época dos clássicos games de Playstation e Playstation 2. O local de Maresias Samuel Pupo viciou logo no primeiro dia do lançamento do YouRiding: The Journey, quando ainda nem imaginava que faria parte do jogo.

Cabianco_nosepick_socialmedia

A prancha do campeão mundial de 2014 Gabriel Medina também está disponível.

“Acho que todos os surfistas estavam esperando por um jogo de surf no celular. Estava demorando para alguém realmente fazer um jogo bom de surf, que seja o mais próximo possível do real. O gráfico e os movimentos das manobras são exatamente iguais o que a gente faz no surf: os aéreos, as rabetadas e rasgadas. É realmente demais, gostei muito! ”, disse ele.

O game funciona muito bem para a plataforma de smartphones com a facilidade do touch e um bom gráfico para celulares. Não leva muito tempo para aprender as manobras e é bem rápido de jogar, o que se adapta ao dia a dia dos usuários. Isso torna o jogo um ótimo passatempo para qualquer hora livre que tiver durante o dia. É só sacar o celular do bolso e dar o play. Toda essa qualidade e sucesso nos smartphones vicia os surfistas e traz uma expectativa para a volta do nosso esporte aos consoles de vídeo game. O paulista Alex Ribeiro, integrante do WCT, já é um dos “viciados” que arrebentam no surf virtual e não vê a hora de “surfar” com um joystick.

“Eu fico agoniado esperando as próximas fases. Até minha filha está jogando direto. O estilo e as manobras são muito parecidos com a vida real”, contou ele, que ainda comentou sobre os jogos de Playstation e Xbox: “Eu sinto mó falta. Pode ter certeza que o dia que lançarem vai ser sucesso de vendas, o surf está em alta. Eu lembro do Sunny Garcia, o melhor jogo de surf que já vi. Era muito real. O cara ia remando, furava onda, ia por trás do pico, dava superman, kerrupt, slob, rasgada, aéreo rodando, layback. Mas o YouRiding é bem legal para tirar uma onda, jogar no celular quando está viajando. Achei muito bacana mostrar os locais do pico e você enfrentar eles no final do país”.

Mormaii_layback_socialmediaA qualidade das manobras é o ponto alto do jogo.

Durante uma entrevista exclusiva com o desenvolvedor do jogo Mike Jegat, que você confere na próxima edição da Surfar, ele revelou que já está trabalhando no projeto para trazer o surf às novas gerações ultra tecnológicas de consoles de vídeo game. Enquanto esse aguardado dia não chega, a diversão fica garantida pelo YouRiding: The Journey. Na próxima semana, é a vez das clássicas ondas da África do Sul, como Jeffreys Bay e Cave Rock.

Hurley_Laybacksnap_01Nesta semana de lançamento do Brasil, a Hurley também chega ao jogo.